Social Media Icons

Número de mortos por terremoto e tsunami passa de 1.300 no Japão

mar. 13, 2011 0 comments
Há mais de mil desaparecidos, e 10 mil podem ter morrido só em Miyagi. Tremor e maremoto causaram mortes, devastação na costa e crise nuclear.

O terremoto de magnitude 8,9 seguido de um tsunami na sexta-feira deixou pelo menos 1.353 mortos e 1.085 desaparecidos no Japão, segundo o balanço mais recente da Polícia Nacional.

Mas as autoridades admitem que o número de vítimas deve ficar bem maior.

A polícia da província de Miyagi afirmou que estima que mais de 10 mil pessoas tenham morrido só lá. A província tem uma população de 2,3 milhões e é uma das três mais afetadas pelo desastre.Em paralelo aos trabalhos de resgate na devastada região costeira, cresce a preocupação com a situação na usina nuclear de Fukushima, onde há risco de uma nova explosão. Também foi decretado estado de emergência na usina de Onagawa, onde o índice de radioatividade estava acima do permitido. E o sistema de resfriamento do segundo reator da usina de Tokai, a 120 km de Tóquio, parou de funcionar.

O país também prepara-se para enfrentar cortes programados de energia a partir de segunda. Segundo o governo, o objetivo é evitar blecautes maiores.

O governo mandou 100 mil militares para as zonas afetadas, dobro do número previsto inicialmente, e já começam a chegar ao Japão as primeiras equipes de resgate enviadas por outros países.

Os EUA puseram à disposição das Forças de Autodefesado Japão seu porta-aviões Ronald Reagan para que seja utilizado como base logística dos helicópteros que voam para as zonas afetadas.

Comentários

Related Posts

{{posts[0].title}}

{{posts[0].date}} {{posts[0].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[1].title}}

{{posts[1].date}} {{posts[1].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[2].title}}

{{posts[2].date}} {{posts[2].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[3].title}}

{{posts[3].date}} {{posts[3].commentsNum}} {{messages_comments}}

Formulário de contato