Social Media Icons

Christchurch já tem 165 mortos por terremoto; réplicas continuam

mar. 5, 2011 0 comments

(EFE).- As autoridades neozelandesas elevaram a 165 neste sábado o número de mortos em consequência do terremoto de 6,3 graus de magnitude na escala Richter que atingiu Christchurch em 22 de fevereiro, enquanto continuam as réplicas.

Um estudante sul-coreano, Gil Hwan Yu, de 24 anos, foi a última pessoa a entrar na lista oficial de estrangeiros que morreram no terremoto. Por enquanto, a relação contém dois israelenses e uma tailandesa, embora exista a previsão de que ainda serão contabilizadas vítimas de cerca de 20 países diferentes, segundo a emissora "TVNZ".

Naon, irmã do estudante sul-coreano, segue desaparecida, assim como dezenas de pessoas, sob os escombros do edifício da emissora de televisão "CTV".

Os irmãos tinham viajado da Coreia do Sul à Nova Zelândia para estudar inglês em um curso de idiomas.
As outras cinco identidades reveladas neste sábado pela Polícia correspondem a neozelandeses, entre eles Murray Wood, executivo da "CTV", que deixou seis filhos.

As autoridades calculam que a lista definitiva de mortos conterá cerca de 220 nomes.

No domingo, será reaberto ao público parte dos estabelecimentos comerciais da área isolada de Christchurch, apesar de continuarem as réplicas. Neste sábado foram oito, a mais intensa delas de 4,1 graus; na sexta-feira, seis; e na quinta, 13.

Embora autoridades e cidadãos estejam concentrados na tarefa de reconstrução da cidade, o que levará tempo e custará US$ 12 bilhões, houve casos de roubo e pilhagens.

A Polícia, que recebeu o reforço de agentes da cidade de Auckland, deteve 19 delinquentes na noite de sexta-feira.

Comentários

Related Posts

{{posts[0].title}}

{{posts[0].date}} {{posts[0].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[1].title}}

{{posts[1].date}} {{posts[1].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[2].title}}

{{posts[2].date}} {{posts[2].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[3].title}}

{{posts[3].date}} {{posts[3].commentsNum}} {{messages_comments}}

Formulário de contato