Social Media Icons

Mortos no terremoto na China chegam a 589

abr. 15, 2010 0 comments

Tremor atingiu a Província de Qinghai deixou ao menos 10 mil feridosO número de mortos em terremoto na China subiu a 589, informou a imprensa estatal do país asiático.

O abalo, que ocorreu às 7h49 (20h49 desta terça-feira em Brasília), deixou ao menos 10 mil feridos, de acordo com o jornal China Daily.

A China mobiliza equipes de outras regiões para auxiliar nos trabalhos de resgate após um terremoto de 7,1 graus na escala Richter ter atingido a Província de Qinghai nesta quarta-feira (14) no início da manhã.

Mais de 85% das casas na pequena cidade de Jiegu, a mais próxima do epicentro de acordo com as autoridades chineses, desabaram, informou Zhuohuaxia, funcionário da Prefeitura de Yushu, que fica na Região Autônoma do Tibete.

As estradas ficaram bloqueadas e ainda os serviços de telecomunicações estavam muito prejudicados nesta região do Himalaia.

Pequim já enviou um reforço de 90 socorristas para ajudar no trabalho de resgate. A Província de Sichuan, fortemente afetada por um terremoto que provocou 87 mil mortos e desaparecidos em 2008, mandou trabalhadores para ajudar nas buscas.Autoridades informaram que as equipes de resgate retiraram 900 pessoas dos escombros.

O tempo ruim, somado às avarias no aeroporto local, não irá atrapalhar os salvamentos, de acordo com a Administração de Aviação Civil da China. O órgão pediu que o aeroporto, fechado para uma avaliação de suas condições de segurança, seja reaberto.

Intensidade do tremor é diferente de acordo com a fonte

O governo e as agências chinesas divulgam que o terremoto foi de 7,1 graus na escala Richter. A informação é diferente da registrada pela Serviço de Geologia dos Estados Unidos, que calculou em 6,9 a força do tremor, na mesma escala.

A profundidade do abalo foi de 10 km, ainda de acordo com as informações americanas. Os EUA também apontam como grande cidade mais próxima do terremoto a de Qamdo, na Região Autônoma do Tibete. O epicentro estaria a 240 km da localidade.

Até 11h15 (0h15 desta terça-feira em Brasília), quatro réplicas – tremores que sucedem um grande terremoto - de mais de 4,8 graus na escala Richter foram registradas pelo serviço americano.

mapa, terremoto, china, morte

Comentários

Related Posts

{{posts[0].title}}

{{posts[0].date}} {{posts[0].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[1].title}}

{{posts[1].date}} {{posts[1].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[2].title}}

{{posts[2].date}} {{posts[2].commentsNum}} {{messages_comments}}

{{posts[3].title}}

{{posts[3].date}} {{posts[3].commentsNum}} {{messages_comments}}

Formulário de contato